quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Doctor Who 8ª temporada - Deep Breath







 
  Não sei se foi a espera e a ansiedade pela nova temporada, mas só posso dizer uma coisa sobre o episódio de estreia:


                                                  


  O Capaldi chegou divando e, embora ainda não possa dizer se ele vai se tornar meu Doctor favorito - ainda preciso assistir a Classic Who -, com certeza ele será um Doctor excelente!


  Vou tentar expressar minha opinião sem dar spoilers sobre o episódio, mas pode ser que algo acabe passando pelo filtro, então se quiser ler, será por sua própria conta.

  Deep Breath começa com um dinossauro aparecendo no meio da Londres (?) vitoriana, onde Madame Vastra, Jenny e o batata gigante/animal de estimação delas com tendências homicidas Sontaran Strax são chamados para verificar o caso. Acontece que o animal foi parar lá porque engoliu a TARDIS enquanto o Doctor e a Clara tentavam fugir dele. Quer dizer, dela, já que o dinossauro é uma fêmea.


  Os melhores momentos de Deep Breath, na minha opinião, foram:


- Qualquer momento em que o Doctor faz referência aos outros Doctors;
- O Doctor falando que já viu o novo rosto em algum lugar, só não lembra onde;
- As sobrancelhas de ataque, abridoras de garrafas (nas palavras do próprio Doctor) e a felicidade dele em ser escocês - sorry, Tennant;
- O relacionamento da Madame Vastra com a Jenny.

  A única coisa que me incomodou nesse episódio foi que a Clara, tendo se espalhado pela "timeline" do Doctor, sabe que ele já foi velho em outras regenerações e que os rostos são escolhidos como numa loteria. Por que ela ficou tão incomodada com o novo rosto?


  Além disso temos um novo vilão que eu não lembro o nome e uma personagem misteriosa chamada Missy, que já virou alvo de várias teorias do fandom.


  A nova temporada já começou com o pé direito, e pelo visto só vai melhorar. Agora é só esperar pelos próximos episódios!


 Beijos :-*





 

Nenhum comentário:

Postar um comentário